II Cine Caatinga

Sinopse

Com mais de 80 anos, o Jorjão da Melancia nos brinda com as memórias de quando teve que se retirar das margens da Barragem de Sobradinho-BA – que realocou mais de 12 mil famílias no Sertão do São Francisco – até ir parar onde está hoje. Bem humorado e cheio de força, ele narra as histórias sempre com muito detalhe.

Esse curta metragem é o resultado das ações da II Edição do Cine Caatinga: Experiências Audiovisuais no Sertão(2021).
Ele traz números e resultados desta edição realizadas em 2021, além de depoimento dos(as) alunos(as) da comunidade da Melancia em Casa Nova-BA.

Com números surpreendentes(mais de três mil espectadores nos sete primeiros dias), o festival marcou a valorização da produção audiovisual do Semiárido Brasileiro e promoveu a geração de renda para mais de 80 artistas na região.

Festival cria o “netflix” da Caatinga, e o melhor, de graça.

Em menos de 24h no ar o streaming recebeu mais de 1000 acessos/usuários assistindo às produções realizadas no Semiárido Brasileiro.

São mais de 50 filmes de gêneros variados – animação, ficção, documentário, experimental, entre outros – disponíveis para serem assistidos pelo público em geral, gratuitamente, através do site www.cinecaantinga.com.br.

Além de assistir, o público pôde votar até o dia 04/04/21 na sua produção preferida. Houve a premiação para 11 categorias com o troféu “Cabrito Dourado.” A premiação de todas as categorias foi feita no dia 08/04/21 às 19h via Live no Youtube da Produtora WW Filmes.
Os filmes continuarão disponíveis no site, que deverá atualizar constantemente o catálogo.

“O site pode ser acessado por qualquer tipo de espectador, desde cinéfilos até educadores que busquem referências de diversos pontos de vista do Semiárido, ou até mesmo de outros artistas que desejem enviar e/ou contemplar as produções,” explica o produtor Thiago Rocha, um dos coordenadores desta edição do festival.

O Cine Caatinga é coordenado pelos produtores caatingueiros Thiago Rocha e Wllyssys Wolfgang, com a WW Filmes. E tem a produção executiva de Camila Rodrigues, assistência de seleção de Amanda Martins, oficinas audiovisuais com Cristiane Crispim e Robério Brasileiro, assistência de produção e logística de Wyvys Reis e fotografia/edição de Jota Souza. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

“Além da valorização da produção do Semiárido Brasileiro, o Cine Caatinga também tem em seu cerne o objetivo de geração de renda nesse momento difícil de pandemia. Neste sentido, o festival gerou renda diretamente para cerca de 80 artistas, considerando que cada um dos filmes exibidos recebeu um cachê de exibição. Toda a equipe contratada também é local, mostrando o reconhecimento da mão de obra regional,” destaca o cineasta Wllyssys Wolfgang.

OUTRAS AÇÕES

OFICINAS GRATUITAS – Durante o festival Cine Caatinga, também foram realizadas 07 oficinas de audiovisual com temas como “Trilha Sonora”, “Direção de Fotografia”, “Roteiro Audiovisual”, entre outros. As aulas foram ministradas virtualmente, devido aos protocolos de saúde do estado da Bahia, e de forma gratuita. Do total de participantes das formações, 89,5% eram pretos/as ou pardos/as, o que demonstra a contribuição do festival para a inclusão e o protagonismo social dessas pessoas no meio audiovisual.

CONTRAPARTIDA SOCIAL – Além de fazer o apelo pela preservação do bioma da Caatinga, único no mundo, o festival também está mobilizando doações de equipamentos usados de informática para jovens em vulnerabilidade social pertencentes à zona rural de Casa Nova (BA) e periferia de Petrolina (PE).

Ficha Técnica

Classificação: Livre.

Ano: 2021.

Realização: WW Filmes.

FESTIVAL

Coordenação e Curadoria: Thiago Rocha e Wllyssys Wolfgang.

Produção Executiva: Camila Rodrigues.

Formação em Audiovisual: Cristiane Crispim e Robério Brasileiro.

Produção e Assistência de Seleção: Amanda Martins.

Imagens / Operação do drone: Jota Souza e Fernanda Walentina.

Montagem: Jota Souza.

Assistência de Produção e Logística: Wyvys Reis.

Identidade Visual: Sergio Sá.

Alunos(as):

Anna Paula Santos Silva
Ielma Dos Santos Silva
Joselma Dos Santos Silva
Laiane Silva Souza
Laira Rocha Lima
Paula Oliveira Da Silva
Heverton Lourran Mariano Da Silva
Victoria Iasmin Castro Rodrigues
Rafaella Rocha Souza
Uilca Dos Santos Silva
Yanna Mariano Silva Braga

Agradecimentos

Comunidade Da Melancia
Comunidade De Mucambo
Galo Hostel Petrolina
Jota Filmes
Socorro Reis
Zé Reis

Realizado na cidade de Casa Nova e Juazeiro na Bahia e em Petrolina-PE.